Air Max 270 React

    Air Max 270 React

    Uma combinação artística de Air e React.

    Ultraboost 19

    Ultraboost 19

    Uma mudança radical para o sapato de corrida mais bem sucedido da adidas.

    Air VaporMax 2019

    Air VaporMax 2019

    Bem-vindo a um novo ano: com a Nexkin, a Nike dá o tom para 2019.

    Sportshowroom: tênis adidas e Nike

    A linha entre as quadras esportivas e a rua está diminuindo. Calçados de alto desempenho não são mais apenas para atletas que participam de uma partida ou de um aquecimento. Os calçados esportivos adidas e Nike agora são para a vida cotidiana. O que antes era um artigo esportivo de alto desempenho, agora pertence ao mundo da moda.

    Cada tênis tem sua própria história

    Caminhando pelas ruas, você com certeza encontrará tênis clássicos onde quer que vá. Os tênis fazem parte de nossas vidas. Os primeiros designers esportivos do século 20 construíram uma base sólida para os calçados da moda de hoje, mesmo que isso nunca tenha sido o que eles pretendiam fazer. Quer tenha sido a intenção ou não, os tênis de hoje têm suas raízes nos calçados de desempenho do passado.

    A maioria dos tênis começou a vida na pista de corrida. No início do século 20, a adidas (embora operasse com um nome diferente) já fornecia calçados especializados para corredores. No final dos anos 40 e 50, a Nike entrou no jogo. Inspirados pelo mundo da corrida, os designers desenhariam os modelos que o mundo agora usa como tênis.

    Das quadras para as ruas

    A Adidas deu o pontapé inicial com o Gazelle. O que começou como um tênis de corrida, foi rapidamente adotado como calçado de treino e, posteriormente, em grande parte graças aos artistas da música e estrelas de cinema, como calçado da moda. Pouco depois, o Internationalist da Nike seguiu o mesmo caminho, começando no mundo dos esportes e acabando nas ruas. 

    Nesse meio tempo, o Stan Smith da adidas, que se destacou como tênis nos anos 60, seguia a mesma trajetória. Escolhido por algumas das maiores estrelas do mundo, o Stan Smith começou uma segunda vida como tênis. Este foi o mundo onde o esporte e a moda se encontram.

    Testemunhamos como moda, cultura e esportes podem se unir na costa oeste dos Estados Unidos na década de 70. Isso não aconteceu por causa de celebridades, mas por causa dos jovens incomuns andando de skate na rua. A Nike começou a produzir calçados que eram ideais para seu esporte rebelde. Esses calçados serviam para todos os tipos de atividades, desde caminhar até a escola, até andar de skate em piscinas vazias e estacionamentos. Hoje, a Nike oferece vários tênis para skatistas com suas coleções Nike SB e Stefan Janoski.

    Uma tendência semelhante foi observada nas quadras de basquete. Por muitas décadas, algumas das maiores estrelas da NBA jogaram calçando o adidas Superstar. Meninos e meninas nas quadras locais perceberam isso rapidamente e começaram a usar os mesmos modelos em sua vida diária. Com um par de tênis de basquete icônicos em seus pés, sua imagem disparava. Foi apenas no início dos anos 80 que a Nike lançou seus próprios modelos de basquete, com calçados como o Air Force 1 e o Jordan. Isso teve um impacto imediato na cena, dentro e fora das quadras.

    Uma nova e turbulenta era dos tênis

    A corrida que estourou no mundo dos tênis no final dos anos oitenta e início dos anos noventa foi inacreditável. A Nike parecia estar lançando novos modelos em sua coleção Air Max em uma velocidade incomparável. Isso começou em 1987 com o 1, e continuou a cada ano com um modelo mais novo e atualizado. A popularidade de tênis como o Air Max 90, Air Max 95 e Air Max 97 era diferente de tudo que já se tinha visto. O solado visível Air é uma das maiores inovações tecnológicas em calçados de todos os tempos. Desde seu lançamento, tem havido um fluxo constante de novos tênis de diferentes marcas.

    Na segunda década do século 21, a Nike continuou sua intensa expansão da coleção Air Max com modelos como o Air Max 270, o Air Max 720 e o Air Vapormax. A adidas, a grande rival da Nike, não deixou por menos, e aproveitou a oportunidade lançando o altamente inovador Ultra Boost com seu solado de espuma de alta pressão. Naquela época, quase todas as grandes marcas do mercado estavam envolvidas na onda retrô. Modelos populares dos anos 90, 80 e anteriores receberam atualizações modernas. Vimos o lançamento do Huarache da Nike, bem como de tênis mais antigos que nunca tiveram grande inovação, mas que agora se tornavam o centro do palco.

    Ao mesmo tempo, os primeiros tênis que não começaram a vida no esporte também começaram a surgir. As marcas começaram a responder à necessidade de calçados duráveis, confortáveis e elegantes que se adaptassem ao estilo de vida urbano, rápido e dinâmico dos jovens. A Adidas, por exemplo, lançaria o NMD, um calçado destinado aos nômades da cidade. E este pode muito bem ser o futuro do design para novos calçados. 

    Em menos de meio século, os tênis expandiram para além do mundo dos esportes. Eles atravessaram várias subculturas, movimentos alternativos, cenas de música e dança. Essa é a história de cada tênis hoje. Uma volta no quarteirão nunca mais será a mesma.

      

    Choose your country

    Europe

    Americas

    Asia Pacific