SPORTSHOWROOM
    Air Max 270

    Air Max 270

    Essential

    Ultra Boost

    Ultra Boost

    Stella McCartney

    Blazer

    Blazer

    Low Jumbo

    Air VaporMax

    Air VaporMax

    2021 Flyknit

    SPORTSHOWROOM: cada tênis tem a sua própria história

    Hoje em dia, os tênis fazem parte da nossa vida cotidiana. Caminhe pelas ruas de qualquer grande cidade, e com certeza encontrará designs clássicos onde quer que vá. Porém, nem sempre foi assim. A atual onipresença do tênis moderno é o resultado de décadas de história de calçados de alta-performance que proporcionaram uma base sólida para a cultura atual.

    Tudo começou em 1949 com o primeiro calçado da adidas, o Samba, que possuía uma sola de borracha para proporcionar aos jogadores de futebol uma aderência extra em superfícies escorregadias. Sua próxima oferta de sucesso veio mais de dez anos depois através de Stan Smith (originalmente Robert Haillet). Este humilde calçado de tênis passou a ser um modelo extremamente popular. A adidas Gazelle surgiu pouco depois, em 1966. Originalmente criado para corredores, com o tempo tornou-se mais um modelo de tênis usado por ícones da moda e estrelas da música.

    Seguindo para os anos 70, a adidas lançou de forma despretensiosa um calçado de basquete chamado Superstar. Os seus componentes específicos de esporte tornaram o Superstar um favorito entre jogadores de basquete, mas o seu estilo cultivou um legado que duraria gerações. A essa altura, a Nike havia entrado em cena, e em 1972 lançado dois calçados de corrida em seguida. O primeiro foi o Waffle, que recebeu esse nome devido ao padrão diferenciado da sua sola. O segundo foi o Cortez, que utilizou a cultura pop para impulsionar o seu sucesso a longo prazo. Um ano após o seu lançamento, a Nike entrou no mercado do basquete com o Blazer, cuja sua maior aderência e respirabilidade fizeram com que muitos o utilizassem nas quadras de basquete.

    Nos anos 80, a Nike e a adidas lançaram uma seleção de novos designs. A adidas iniciou a década com mais um tênis tecnologicamente avançado, o Continental 80, antes da Nike lançar o Air Force 1 em 1982. O que começou como um tênis de basquete, agora é considerado um dos mais icônicos de todos os modelos da Nike. O AF1 foi seguido um ano depois pelo Pegasus, um calçado valorizado por corredores. Em 1984, outro tênis de basquete da adidas foi lançado. Conhecido como Forum, apresentava suporte robusto do tornozelo sob uma sola absorvente de impacto. No mesmo ano, a adidas lançou o primeiro de sua linha ZX de calçados de corrida, uma série que apresentou novas tecnologias inventadas pela marca, incluindo o seu sistema de haste Torsion revolucionário. Em 1985, a Nike produziu um lançamento de basquete pioneiro, o Jordan 1. Foi apenas o primeiro de muitos a receber o nome de um jogador de basquete que muitas vezes foi coroado como o maior de todos os tempos, o insubstituível Michael Jordan. Mas essa não foi a única oferta de basquete da Nike em 1985 – eles também lançaram o Dunk. Criado para a cena do basquete universitário, ele eventualmente encontrou um lugar dentro da patinação e da moda.

    Na segunda metade dos anos 80, a Nike alcançou um nível maior de inovação ao lançar o Air Max 1, em 1987. Introduziu uma linha que viria a introduzir alguns de seus tênis mais renomados, com bolsas de ar visíveis inovadoras como sua base. Então, em 1988, o Jordan 3 foi lançado, tornando-se o primeiro a carregar o famoso logo Jumpman. Apenas um ano depois, o Jordan 4 foi lançado, seu homônimo mais uma vez fornecendo à coleção um endosso incrível ao marcar um dos melhores arremessos já feitos.

    O início dos anos 90 trouxe mais modelos bem-sucedidos da Nike. O Jordan 5 foi lançado com várias características atualizadas em 1990, um período em que a prolífica pontuação de Michael Jordan atingiu novos patamares. O Nike Air Max 90 também foi lançado naquele ano. Embora um tênis para corredores, tornou-se um fenômeno cultural por seu design elegante e conforto notável. Em 1991, o Jordan 6 foi introduzido, desta vez sendo usado por Michael quando ele ganhou o campeonato da NBA pela primeira vez.

    Não muito tempo depois, a Nike lançou um tênis especificamente para o mercado de corrida. Chamado de Air Huarache, ultrapassou os limites da tecnologia de desempenho através do inovador uso de material de neoprene leve. Logo depois, em 1994, a adidas desenvolveu a chuteira Predator. Desenvolvido para facilitar o excelente controle de bola, foi utilizado por jogadores estrelas como David Beckham e Zinedine Zidane.

    Chegando em meados dos anos 90, a Nike estava ansiosa para retrabalhar os modelos anteriores e criar algo completamente original. Isso foi alcançado em 1995 com um tênis de estética única e ousada: o Air Max 95. Esse ano também introduziu o Jordan 11, que foi simbólico do retorno de Michael Jordan à NBA. Em 1996, a adidas lançou o seu próximo tênis de corrida, o Ozweego, oferecendo proteção e conforto.

    No final dos anos 90, a Nike lançou o Air Max 97, que possuía um visual futurista que o tornou popular entre corredores, mas também como um item de moda. Um ano depois, a Nike lançou mais dois tênis. O primeiro para corredores, o Air Max Plus, cuja aparência idiossincrática e tecnologia Tuned Air garantiu o seu sucesso, e o outro uma chuteira chamada Mercurial. Este design excepcional continha uma série de inovações tecnológicas, mas quem realmente fez a sua fama foi o lendário jogador de futebol Ronaldo.

    No início dos anos 2000, a Nike estabeleceu a sua marca dedicada ao skate, a Nike SB. Estabelecida em 2002, eles criaram versões skatistas de designs retrô tais como Dunk e Blazer, assim como calçados de skate completamente novos. Em 2009, o famoso skatista Stefan Janoski foi recrutado para criar seu próprio modelo. O Nike Janoski era versátil e perfeito para os aspectos técnicos do esporte.

    Avançamos para 2015, um período frutífero para os designers de calçados. A Nike lançou o Metcon para apoiar o treinamento físico. Enquanto isso, a adidas estava criando um tênis de corrida inovador, o Ultra Boost, que combinava as tecnologias Boost e Primeknit de última geração. Apareceram também em vários outros lançamentos de 2015, incluindo o NMD, um tênis moderno para exploração urbana. E também uma das primeiras criações Yeezy da adidas, o 350 Boost. Tornou-se um enorme sucesso, encerrando com chave de ouro um ano sensacional para a empresa alemã.

    Em 2017, a Nike exibiu ainda mais inovação ao desenvolver o VaporMax, o seu primeiro calçado a incorporar uma sola Air visível por todo seu comprimento, uma tecnologia inovadora que proporciona conforto extremo. Em 2018, surgiu um novo Air Max: o 270. Ao contrário dos modelos anteriores, priorizou estilo de vida ao invés de corrida, ostentando um salto que realmente deixou a sua marca. Enquanto isso, a adidas aumentou a sua colaboração com Ye ao lançar o Yeezy 500, que contava com uma estética estilo anos 90. Em 2019, mais dois foram lançados, o 700 e o 380. O 700 desafiou as tradições sendo um calçado de aparência única que parecia uma obra de arte. O 380, uma nova versão do 350 com uma aparência atualizada, incluindo um salto inclinado ao lado de uma parte superior cativante com estampa de camuflagem. No mesmo ano, a Nike lançou o elegante e inovador Air Max 720 com uma sola Air de 360 graus – a bolha de ar mais alta de todos os tempos.

    Em 2020, para comemorar os 30 anos do incrível Air Max 90, a Nike modernizou a sua aparência com o AM2090, proporcionando uma silhueta mais futurística para esse tênis lifestyle de corrida. Ainda mais recentemente, em 2021, Yeezy lançou o Slide, um calçado confortável com o corpo robusto de espuma EVA.

    A história notável do tênis moderno começou há muitas décadas, porém, esta resenha representa apenas uma pequena coleção de sapatos, tênis, e outros calçados lançados pela Nike, Jordan, adidas e Yeezy ao longo desse período. Essa incrível jornada revolucionou esporte e moda, aproximando-os cada vez mais, até que convergiram para forjar designs únicos que se encaixam em qualquer domínio. Essa fusão de mundos tem sido mais evidente com a abundância de colaborações anunciadas nos últimos anos; a Nike de forma notável com a marca de streetwear de luxo Off-White e o influente músico Travis Scott, e a adidas com a grife Gucci, entre outros. E essas marcas ainda não terminaram – parecem criar novas inovações a cada ano, com o potencial de inúmeros tênis mais elegantes a serem lançados no futuro.

    SPORTSHOWROOM usa cookies. Sobre nossa política de cookies.

    Continuar

    Escolha seu país

    Europa

    Américas

    Ásia-Pacífico

    África

    Médio Oriente